FANDOM


"Desde o início, eu ficava dizendo que não é a tecnologia que vai entreter o público, é a história. Quando você vai ver realmente um grande filme de ação ao vivo, você não vai sair e dizer 'que a nova câmera Panavision foi surpreendente , ele fez o filme tão bom '. O computador é uma ferramenta, e é a serviço da história."

-John Lasseter, co-fundador da Pixar

Pixar Animation Studios , uma subsidiária integral da The Walt Disney Company , é um estúdio de cinema Academy Award ®-winning com renomados capacidades técnicas, criativas e de produção na arte da animação por computador e criadores de alguns dos mais bem sucedidos e amado filmes de animação de todos os tempos. Pixar produziu até agora treze filmes, Toy Story , Vida de Inseto , Toy Story 2 , Monstros SA , Procurando Nemo , Os Incríveis , Carros , Ratatouille , WALL•E , Up , Toy Story 3 , Carros 2 , e Brave .
Sasewwdasdwrefdsass

HistóriaEditar

Subida da Pixar para o auge do sucesso de animação de computador foi bem rápido, e a empresa continua a empurrar o envelope em sua arte e tecnologia inspirada pelos esforços do cinema.

A companhia começou como uma divisão da Lucasfilm, a Graphics Group, liderada pelo Dr. Edwin E. Catmull do New York Institute of Technology. A Graphics Group criou softwares de computação gráfica e colaborou com a Industrial Light & Magic na criação de alguns efeitos visuais, principalmente nos filmes Star Trek II: The Wrath of Khan e Young Sherlock Holmes. Em 1986 a companhia foi comprada por Steve Jobs(co-fundador da Apple Inc.) por US$10 milhões, se estabelecendo como uma companhia independente,com Catmull como presidente e Jobs como CEO. Dados os últimos sucessos da companhia, a venda da Lucasfilm foi descrita pela revista Total Film em 2004 como a 6ª "decisão mais idiota na história do cinema". A companhia foi rebatizada "Pixar", uma combinação da palavra "pixels" e da palavra "art", que é o que a animação pretende, fazer arte através de pixels. No princípio a Pixar era uma companhia de hardware, com seu produto primário sendo o computador Pixar Image Computer. Um dos maiores compradores do computador era a Walt Disney Pictures, que mais tarde em colaboração com a Pixar desenvolveu o CAPS, um software que permitia colorizar animação tradicional no computador. O Image Computer nunca fez muito sucesso, e para tentar alavancar vendas, um dos empregados, John Lasseter, produzia curtas animados como Luxo Jr. que mostravam as capacidades do aparelho. Depois a divisão de animação passou a fazer comerciais. Mas Jobs gastava tanto dinheiro na companhia, que só reconsiderou a idéia de vendê-la em 1991, quando após demissões em massa a Pixar assinou um contrato com a Disney por US$26 milhões para fazer três longas animados, o primeiro sendo Toy Story, lançado nos cinemas em 1995.
Qwertyuiop

Disney & PixarEditar

Todos os principais filmes da Pixar produzidos até hoje foram feitos em colaboração com a Walt Disney Pictures; a Pixar cuida de todos os aspectos de produção enquanto a Disney cuida de todos os aspectos da distribuição. Em 1995, depois do lançamento de Toy Story, ambas as companhias assinaram um contrato de 10 anos ou 5 filmes na qual as duas companhias dividem os custos de produção e lucros — com a Disney recebendo 12.5% dos dividendos e os direitos dos filmes. O acordo foi muito lucrativo para ambas as empresas, já que os filmes da Pixar tem sido muito mais bem sucedidos que os filmes de animação da própria Disney. Os nove filmes de longa-metragem da Pixar arrecadaram mais de $ 4 bilhões, fazendo dela, filme a filme, a mais bem sucedida casa de filmes de todos os tempos. Contudo, o CEO da Disney, Michael Eisner, e Jobs não se entenderam. Por causa de discordâncias pessoais e profissionais, o filme Carros ficou determinado como o último da união das duas empresas. As duas companhias tentaram um novo entendimento no começo de 2004. Para o novo acordo, a Pixar apenas queria pagar à Disney uma taxa de distribuição sem divisão de lucros ou direito de propriedade. Isso era inaceitável para a Disney, mas a Pixar recusou quaisquer concessões. A Pixar saiu em busca de uma nova empresa para distribuir seus filmes, e muitas outras firmas ficaram ávidas por um acerto. A Disney retém os direitos dos primeiros filmes e poderia fazer seqüências para eles, tanto que iniciou a produção de Toy Story 3, sem o envolvimento da Pixar. Porém, em Janeiro de 2006 as duas empresas finalmente chegaram a um acordo e a Disney comprou a Pixar por US$ 7,4 bilhões. Jobs tornou-se, assim, o maior acionista individual da Disney. Mas um detalhe que ainda havia, era que a Pixar tem maior parte das ações entre a aliança Disney & Pixar. Entre 2001 e 2003 foi feito pela Disney e pela Pixar (co-produção) a série de desenho animado chamada Buzz Lightyear do Comando Estelar.

FilmesEditar

Longas-metragensEditar

Curtas-metragensEditar

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória